Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma mulher feliz

Diário de uma mulher feliz

9 de Agosto de 2020

3E3FBC69-8249-4ABD-B6E6-A9B8E9E8A02B.jpeg

 

Querido diário,

desculpa a ausência! Penso que é mesmo característico da paixão a vida numa bolha de amor (por uns tempos).

Têm sido dias de muito regar a nossa planta, tratar, por adubo, por ao sol, resguardar á noite. Estamos apaixonados! E como tal queremos e vivemos ao máximo a potencialidade desse amor! 

Ele não é perfeito, mas roça muito nela. Não me tenta mudar, tenta entender aprofundadamente cada passo que dou. Cada atitude que tomo. Eu tento fazer o mesmo que ele mas não sou assim tão perita no amor, como sabes. Vivi relações tóxicas e para mim isto é uma novidade! 

Começamos á procura de casa. Dizes tu: Loucos! Já ouvimos de tudo, mas quem mais queremos ouvir é a nossa alma. E ela diz-nos que é o momento, com calma, encontrar um canto de amor. Onde poderemos viver a nossa individualidade e também a nossa simbiose. 

Estou muito segura no que estou a viver, ele também. E continuamos assim, com a nossa nova “casa” em cada um e a sorrir para a vida! Ele veio acrescentar tanto...

No entanto já preciso de um tempo para mim, como sei que ele precisa. Quase toda esta semana o será. Meditar de novo, cuidar do meu Eu Maior. 

Estou muito grata pela tua vinda Paulo❤️

 

 

16 de Julho de 2020

Querido diário,

Falo-te de aceitação. O tema do meu dia. Aceitação do corpo, das coisas que consigo e não fazer e de como não controlamos nada da nossa vida. 

Com tudo este clima de medo do futuro, eu tento manter alguma normalidade. Mas é tão difícil olhar para o futuro este momento. Eu que sempre quis ter o controlo da minha vida. Que, querido diário, se descontrolou tantas vezes.

Mas como dizia, neste tempo, é tão reconfortante quando conhecemos alguém que fala a mesma linguagem que nós. Que não recrimina ou julga. Que nos aceita.

Bem sei que a mais importante aceitação terá que ser de mim própria. De como me vejo no espelho, de como aceito o que consigo fazer, de como não controlo nada e como diz a Catarina Beato: "A vida resolve-se sozinha".

Hoje tive um momento de imensa lucidez. Percebi até onde eu podia ir e até onde me fazia sofrer o resistir. Há coisas, que outras pessoas conseguem, mas eu não consigo alcançar. E isso foi um alívio. Admito que a aceitação do outro ajudou-me a ver com mais clareza o panorama. Mas querido diário, eu percebi. 

Aceitei. Agradeci. Segui. 

Com amor,

M

A Bela e o Gru - a expressão do amor

Uma das coisas que aqueceu o meu coração ontem e onde sinto que posso ir beber a água da luz foi fazer voluntariado no Canil Municipal de São Pedro de Sintra.

A Bela e o Gru, estavam felizes. Nadaram num tanque. Passearam-me. :) Quando damos um pouco do nosso tempo ao Universo ele retribui.

A maior retribuição foram os saltos deles, por se verem "soltos" por uma hora e ver no meu namorado a alegria de uma criança. É a amar-mos em conjunto que aprenderemos o amor um pelo outro.

Passem por lá (têm que ligar para marcar) e passeiem um cão. Eles ficariam felizes. :)

 

IMG-20200713-WA0014.jpg

ps. Esta é a Bela.

 

Dia 14 de Julho de 2020

Querido diário,

vou falar-te de amor. O amor que tenho em mim. O amor que sinto numa relação. Tive inúmeras mortes e renascimentos. Amei intensamente algumas pessoas. Mas como te contei ontem, procurava as coisas "erradas". Procurava aprovação, reconhecimento, atenção. E do outro lado procuravam mudar a minha essência.

Hoje estou mais alerta. Abri-me ao amor de novo, mas já com um maior amor-próprio. Um maior autoconhecimento. Um recorrer à bagagem de uma forma construtiva e não destrutiva. 

Sinto-me capaz de amar o mundo. De perdoa-lo. Aceita-lo. Não o negar. Entrego o que sou, sem medo, mas com cautela. As cicatrizes deixam marcas. Sabes querido diário, elas, mal geridas dentro de mim, podem boicotar o meu presente e por consequência o meu futuro.

Abro-me totalmente ao amor, querido diário. Dou e sou retribuída na mesma medida. Sem falsas promessas, sem pressa. Abraço as sombras do outro, desço com ele ao fundo e seguimos na luz.

Hoje sinto-me assim: amada e com amor.

Com amor,

M

52057b7e-0247-40e7-8a47-14b1782d6fc4.jpg

 

 

Dia 13 de Julho de 2020

Querido diário,

Esta é a tua primeira página. A página que dá inicio às aventuras, aos passeios, aos trabalhos, aos pensamentos e a todo um mundo que se quer intenso dentro de mim.

Sabes, já me acusaram de intensidade a mais, querido diário? Eu sou um mundo, modéstia à parte claro, um mundo de cores, feitios, formas e não importa o entusiasmo com que sinto a vida. Não me importa mais. Já importou, quando afastava sucessivamente pessoas da minha vida. Agora aceito. Entrego-me. Rendo-me. E aceito que ter mais magnitude nos gestos é o meu caminho.

Perdoei-me pelos amores que doeram, pelos inúmeros amores. Pelas, fracassadas, tentativas de ser feliz preenchida pelo outro. Sentia-me só, querido diário. Sentia-me terrivelmente e irremediavelmente só. 

Perdoei-me. Pedi perdão ao Universo. Mas acima de tudo comecei a olhar para mim com uma visão de maior normalidade, pois porque não a forma como eu vivo estar certa? Porque não agir com normalidade na "anormalidade".

Conheci uma pessoa. Que em pouco tempo me ensinou que a particularidade não me define e faz de mim especial. E foi realmente assim, querido diário, que me comecei a ver: ESPECIAL.

Cada vez mais percebo que a roupa é feita para nos servir e não nós aos tamanhos grandes ou pequenos. Que as minhas sardas são um encanto. Que as minhas curvas me conferem o aspecto do que sou, mulher. E tantas coisas mais, querido diário. 

Tenho tanto mais para te falar mas já é tarde. Vou dormir.

Amanhã falaremos mais.

Com amor,

M

9F87004C-0A46-4B09-9255-7FB3C7894CCA.jpg

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • 03 de Setembro de 2020

    03 Setembro, 2020

      Querido diário, coloquei uma intenção no Universo e quero muito acreditar nela! Aliás (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub